Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://cisosemjuizo.blogs.sapo.pt

"Louco? Loucos são os Loucos que me chamam Louco mas que não conseguem ver a genialidade da minha Loucura!"

http://cisosemjuizo.blogs.sapo.pt

"Louco? Loucos são os Loucos que me chamam Louco mas que não conseguem ver a genialidade da minha Loucura!"

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Life / Vida...

por Narciso Santos, em 16.09.17

 "The Offspring - Meaning Of Life (piano version)"

 

As vezes pergunto-me qual será; qual é o meu legado... ou melhor os cuscos / custas perguntam-me isso. A minha primeira reacção seria manda-los passear, mas a segunda reacção é sempre "sei la eu...".

A porcaria da "busca" é complicada, deveria ser simples mas infelizmente não o é...

Basicamente sou Pai!

Basicamente sou Filho!

Basicamente sou Irmã!

Basicamente sou Amigo!

Basicamente posso ser Inimigo, mas prefiro não o ser...

Sou o meu Ser e o vosso Sorriso ( não sei porque escrevi esta parte mas soou bem....).

Sou as estradas das Caxinas, sou o Mar das Caxinas, faço parte do meu Povo Caxineiro!

Tento "tocar" respeitar o modo de vida das minhas gentes; da mesma forma como eles "tocaram" moldaram e moldam a minha vida.

Eu simplesmente Vivo!

O que normalmente vejo são as pessoas tentarem sobreviver... Para quê chorar? Para quê sofrer? Para quê olhar para os "cêus à procura de uma solução, quando só depende de nós?

Vamos viver, gozar, bailar, beber...

Viver o momento para entender o raio do destino, mesmo ele sendo injusto.... escutar em silêncio... para encontrar o caminho, o norte ou a nossa "ancora" que não importa para onde vamos, sabemos sempre para onde e para quem regressar.

Por isso Vivemos a nossa Vida neste mundo e não deixemos este mundo Viver a nossa vida por nós...

Just LIVE dont look back...

Só temos esta vida e este dia já está a contar...

P.S. Escrever isto num telemóvel e dentro de um avião não é nada fácil...


Reticências...

por Narciso Santos, em 05.09.17

"Adoro Reticências...

Aqueles três pontos intermitentes que insistem em dizer...
que nada está fechado, que nada acabou, que algo sempre está por vir...
A vida se faz assim...
Nada pronto, nada definido...
Tudo sempre em construção.
Tudo ainda por se dizer...
Nascendo...
Brotando...
Sublimando...
Vivo assim...
Numa eterna reticência...
Fazia frio, as minhas pernas tremiam... e depois... depois já nada fazia sentido... tudo trocado... num misto de ma disposição com felicidade... um turbilhão de sensações... uma alegre confusão... a paz... a alegria... o sonho... vivemos no meio destas reticencias todas... como se de um trilho se trata-se... entre estas reticencias nos vivemos nos pensamos, sonhamos...
Para que colocar ponto final?
O que seria de nós sem a expectativa de continuação?"aiiii reticencias que me perseguem...

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Favoritos